• (51) 9 9844.8790
  • atendimento@three-all.com
  • Cachoeira do Sul/RS

6 CUIDADOS ESSENCIAIS NA CRIAÇÃO DO SEU ECOMMERCE

Criar um negócio na internet tem sido a melhor opção para milhares de brasileiros, que preferem administrar um e-commerce a trabalhar com o varejo tradicional. Isso reflete a importância do varejo virtual na atualidade — e conforme a tecnologia avança, maior deve ser o acesso dos consumidores aos produtos comprados pela internet.

Quem pretende ter seu e-commerce deve ter algumas informações em mente, para que tudo saia de acordo com o planejado. No post de hoje, listamos 6 cuidados que o empreendedor digital deve ter antes de criar sua loja virtual. Confira a seguir!

Abrindo as portas sem sustos

Não encare sua loja virtual como uma maneira informal de ganhar dinheiro. Ela deve ser estruturada como uma empresa, o que exige que você tenha boas práticas na gestão do negócio. Tenha em mente que será necessário ter uma plataforma de vendas na internet. As lojas virtuais necessitam de uma estrutura própria de funcionamento e o empreendedor precisa conhecer as opções do mercado antes de escolher a que mais te agrada.

Além disso, é preciso realizar um planejamento das ações, para que tudo seja feito sem contratempos. Saiba qual é o seu orçamento inicial, para arcar com as taxas de adesão das plataformas e-commerce e bandeiras de cartão, compra de produtos ou contratação de serviços — você pode precisar de um designer para sua marca ou um fotógrafo para tirar algumas fotos dos seus produtos. Muitos comércios eletrônicos fecham suas portas após um ano de funcionamento devido à falta de estruturação no negócio. Por isso, se você não quer fazer parte dessa estatística, é bom ter tudo na ponta do lápis.

De olho no cliente

Antes de abrir qualquer loja, é preciso saber o que você vai vender lá dentro e quem é o seu público-alvo. Existem milhares de nichos de atuação, mas nem todos combinam com a sua loja ou com o consumidor que você pretende atingir. Para conseguir bons resultados, não é recomendável partir para a pluralidade de produtos logo no início.

Começar suas atividades focado em um nicho é uma boa opção, sobretudo para quem tem um orçamento mais curto. Mas para ter sucesso de verdade, confira seus concorrentes, procure pelo seu produto em sites de busca, veja quais são os resultados e pesquise um pouco sobre onde está seu público e qual é o seu perfil social. Tudo isso pode ser feito através da ferramenta de pesquisa de palavras-chave da Google.

Opções de pagamento

Não há nada mais irritante do que ir a uma loja e descobrir que não aceitam cartão, quando você já está no meio da fila do caixa, não é mesmo? Da mesma forma, um e-commerce de sucesso sabe que clientes deixam de efetuar compras pelo simples fato de não conseguirem realizar um débito automático em conta, ou porque não há emissão de boletos.

Existem várias formas de pagamento e bandeiras de cartões utilizadas no varejo digital, e é importante oferecer a maior quantidade de meios de faturamento para o consumidor. Ampliar as formas de pagamento pode ser uma forma de fidelizar o cliente, mas tem seu custo: quanto mais opções, mais taxas de cartões e bancos serão acrescidas ao seu planejamento financeiro.
A plataforma escolhida pela Three-all para nossos projetos é a JUNO, por ser confiável e de fácil acesso ao seu suporte, além das melhores taxas do mercado.

Segurança

Muitas pessoas ainda têm medo de comprar online e só fazem esse tipo de transação mediante comprovação da segurança do e-commerce. Portanto, para que sua loja possa atender aos clientes mais exigentes, invista em certificados de segurança e em plataformas seguras de pagamento, como a JUNO.

Logística

O transporte e a entrega de suas mercadorias devem ser ágeis e seguras. Por isso, procure empresas de confiança e não as escolha somente pelo valor. Em algumas ocasiões, é preferível pagar um pouco mais de frete e entregar o pacote sem qualquer dano ou sujeira do que investir em uma transportadora que cobre menos, mas que não tem o mesmo cuidado.

Visibilidade

A internet contém muita informação distribuída em milhões de páginas e, para que seu e-commerce tenha algum destaque na rede, é preciso pensar no rankeamento de sites de busca e exposição nas redes sociais. Crie uma página do seu negócio no Facebook e um perfil no Instagram, para apresentar seus produtos ao público. Essas redes são ótimos canais de comunicação direta e uma boa presença pode ajudar muito nas vendas!

E ai, vamos encarar o mundo digital?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *